"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








quinta-feira, 23 de agosto de 2012









"É impossível ir em direcção à nossa luz sem que, 
ao mesmo tempo, 
tenhamos que enfrentar a sombra que nos habita."



Graf Dürckheim




2 comentários:

Argonauta021 disse...

a sombra, sim. não, não há evolução sem desafio, superação sem dor, nem é possível alcançar a luz sem antes perceber como é a ausência desta, a sombra esta sempre sobre nossos pés, quer estejamos sob sol, quando podemos vê-la, quer estejamos sob a escuridão onde é difícil detê-la.

um grande abraço, tenho estado ausente, mas o pulso ainda pulsa.

Argonauta021

Kelly disse...

Argonauta021,

Bom dia. Não tenho como discordar das suas palavras. Acho que tem razão, não há como chegar a luz, sem estar ciente de que há também a escuridão sempre por perto.

Bom saber que está de volta.
Lindo final de semana pra ti.
Bjo