"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








segunda-feira, 7 de novembro de 2011


Quero me esconder da hipocrisia, me desviar da mentira e passar batido de fofoqueiro, reciclar minha audição, aprimorar minha visão me desligar da maldade que alguns sorrisos escondem. Não, não tenho medo, existe muita coragem dentro de mim, mas eu posso fazer escolhas, e eu escolhi não me deixar contaminar!

Um comentário:

Simony disse...

nossaaaaaaaaaaa amei seu cantinho,cada frase linda!