"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








sexta-feira, 28 de outubro de 2011


Tenho amigos tão bonitos.
Ninguém suspeita,
Mas sou uma pessoa muito rica.

2 comentários:

Delano Alexandria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delano Alexandria disse...

Olá, Que bom que gostou do meu blog. Flor de lótus, Mas sim, Eu já conhecia vc. sabe onde? Nos meus sonhos....rsrsrsr

Toda sorte de benção querida!