"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








quarta-feira, 6 de junho de 2012





‎"Crescer dói, mudar dói, ser responsável pelas próprias atitudes e assumir as consequências das próprias escolhas dói. Mas o benefício desse amontoado de dor é um bocado de alívio depois: a gente se torna mais maduro, mais sábio, menos vítima e mais saudável nas nossas relações. 

Não tenha medo da vida, não sobrecarregue seu coração (este órgão nobre!), não perca tempo colocando o seu bem-estar na mão do Outro. Comprometa-se consigo, com o amor a si mesmo, com a felicidade guardada nas coisas inteiras, reais. 

Enlouqueça, mas não emburreça. Seja o seu melhor amigo!"



Marla de Queiroz



2 comentários:

Argonauta021 disse...

"Enlouqueça, mas não emburreça. Seja o seu melhor amigo!"

Essa é sem dúvida uma ótima opção pra se viver melhor.

Obrigado pela visita e pelo comentário no blog do Argonauta!
Seja sempre bem vinda!

Abração.

Orion Yataco disse...

Crescer pode parecer um desespero para qualquer criança, dizia Peter Pan. Amadurecer e ainda continuar sendo aquela maravilhosa criança que não se corrompe nas lamas dá vida...isso sim e ser uma flor lotus...
adorei o blog. mas pode ser meio suspeito, por ser admiradores dessa flor desde tempo, o mistério sobre ela e fascinante...bjs te cuida.