"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








quarta-feira, 31 de agosto de 2011


Quanto se pode amar?
Se for amor mesmo, não cabe numa vida...
e nem na gente mesmo!

2 comentários:

Mariah kelly disse...

''não cabe numa vida...'' perfeitoo
MAIS SE FOR AMOR DE VERDADE NÃO ESSES QUE AGENTE SE ''ENCONTRAM POR AI''eu até og NÃO CONSEGUI ACHAR O MEU VERDADEIRO AMOR, e nem sei se fui feita pra VIVER mais talves somente SENTIR...'' bjokass Kelly teu nome é lindo eu ja disse isso né kkkk poizé
fique com DEUS e se cuida :)

Brenda disse...

Muito emocionante! amei estar aqui, senti uma sensação de paz, me senti em casa. Estou seguindo, me segue se puder. Virei sempre!

Beijos=)