"No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro
De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se.
Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração. "

Rabindranath Tagore








quarta-feira, 6 de julho de 2011

Minha tarde foi muito especial!


Hoje doei um pouco do meu tempo a quem mais precisa. Fiz uma visita ao Hospital Pequeno Príncipe para visitar as crianças e doar alguns kits que foram confeccionados por um grande amigo. Não imaginei o quanto tudo isso me faria sentir-se bem. No inicio fiquei tão emocionada que achei que iria desabar. Mas foi tão gratificante ver aqueles olhinhos lindos brilharem, e aqueles sorrisinhos mais lindos...Tenho certeza que Deus colocou tudo o que existe de melhor nas crianças, além de toda força e sabedoria. Em momento algum elas deixaram de sorrir e esbanjar alegria. Elas demonstravam tanta fé, tanto amor. A lição que aprendi hoje, jamais vou esquecer e sempre que possível quero fazer mais destas visitas, para aprender a dar mais valor a tudo e a todos que tenho na vida.

Por isso eu digo:
Eu sei que existe pessoas ruins...
Mas as boas que existem compensam por todas elas !

Um comentário:

Dé Mattos disse...

Que legal Kelly! Uma ação assim as vezes é muito mais importante e gratificante para quem faz do que para quem recebe não é verdade?
A gente aprende a olhar a vida com mais otimismo e fé.
Um beeijo